League of Legends

CBLoL 2020/2: PaiN vence a Prodigy e se classifica para a grande final

A tradicional organização volta à disputa do título após três anos

Foram aproximadamente cinco splits, cinco ausências de uma das mais tradicionais organizações de esports em finais de CBLoL. O torcedor, que estava acostumado à grandeza, disputa de títulos, rivalidades contra as maiores equipes e ter os mais badalados jogadores em sua lineup viu seu time jogar o Circuito Desafiante durante um ano e assistiu seus adversários alcançarem a glória enquanto seu time sequer a disputava.

A espera finalmente chegou ao final para o “painzete” na tarde deste sábado (22), quando a equipe da paiN superou a PRG em cinco partidas e se classificou para a final do CBLOL 2020/2. Foi uma série emocionante, com altos e baixos individuais e coletivos e muita comemoração no final.

A SÉRIE

Quem pensou que a paiN teria vida fácil ao encarar uma equipe que penou para se classificar aos playoffs se enganou.

JOGO 1

Logo na primeira partida do dia a PRG mostrou que não viria a passeio e realizou uma grande partida coletiva, dando um grande susto no torcedor da paiN e enchendo seu torcedor de esperanças de que poderia ser mais um dia de magia.

A PRG trouxe ao rift uma composição sólida com figurinhas carimbadas do seu álbum. Renekton nas mãos do fNb, Volibear para o Yampi e o Gálio para o Dynquedo conferiram aquela presença global, que foi muito bem utilizada no topo para snowballar o jogo. Confira os melhores momentos:

JOGOS 2 E 3

Na segunda partida era esperado que a paiN evitasse que o fNb conseguisse implementar novamente seu estilo de jogo, na sua zona de conforto com o Renekton. Mas, ao invés de retirar o campeão nos picks e bans, a paiN se mostrou preparada para essa possibilidade e apresentou uma composição com peças que foram protagonistas neste sábado: Ashe e Orianna.

O controle de grupo, lentidão e dano massivo vindos destes picks anularam as principais entradas do toplaner da PRG, não só no jogo dois, mas também na terceira partida, e o MVP nas duas oportunidades foi o Tinowns com sua donzela de ferro.


JOGO 4

Na iminência de ser eliminada, a PRG decidiu trazer seu “A game”, seu melhor jogo possível. O resultado: O maior stomp da série. Parecia um jogo com diferença de elo e a paiN não teve chances. Em um ponto, com a vantagem de mais de 10 mil de ouro, a PRG controlou bem os objetivos e partiu para a vitória no momento certo.

JOGO 5

O jogo cinco era o decisivo de qualquer forma e não havia escape para ninguém. Qualquer erro a este ponto poderia ser fatal para ambas as equipes, e foi o que aconteceu. A paiN surpreendeu a PRG com um pick de Blitzcrank, que ajudou a equipe a realizar pickoffs e numa destas oportunidades a vítima foi o jungler Yampi. Na sequência da jogada, o toplaner fNb acabou executado na torre do bot, num erro que raramente é visto, ainda mais de um jogador de seu nível. Com tanta vantagem numérica, a paiN garantiu o barão e a alma das nuvens, o que encaminhou a classificação.

A GRANDE FINAL

A paiN Gaming não disputava a final do CBLoL desde o segundo split de 2017, quando foi derrotada pela Team One. Em 2020 o cenário é diferente: A equipe chega como a melhor classificada da primeira fase e grande favorita para a final. O adversário da paiN será conhecido amanhã (23) no confronto entre INTZ e KaBuM!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: