League of Legends

CBLOL 2020/2: análise da sétima semana

Começo da reta final na fase classificatória do Segundo Split do CBLOL 2020/2, um final de semana que literalmente embolou o meio da tabela do campeonato. Ao fim da semana 4 equipes estão com um aproveitamento de 50%: Santos, Prodigy, KaBuM e Flamengo, ou seja, 7 vitória e 7 derrotas pra cada.

A ponta da tabela continua tomada pela paiN com 10 vitórias, que obteve uma vitória e uma derrota no final de semana, seguida pela INTZ com um recorde de 8 vitórias e 6 derrotas. Já na lanterna do campeonato os guerreiros da Keyd amargam um recorde de 4 vitórias e 10 derrotas, enquanto a FURIA possui um de 6 vitórias e 8 derrotas.

Rodada 13

Realizada no sábado dia 18/07, os confrontos da rodada 13 foram os seguintes:

FURIA 0 x 1 paiN Gaming
INTZ 0 x 1 Vivo Keyd
Santos HotForex 0 x1 Prodigy
Flamengo 1 x 0 KaBuM

Early game muito forte de ambas as equipes, em que a selva e o topo foram muito movimentados, com ganks e teamfights. Porém com o fortalecimento do Mordekaiser do ROBO, a paiN logo conseguiu o controle do jogo, conseguindo muitos pickoffs pelo mapa e fechando o jogo com facilidade. Foram 21 abates para a paiN e apenas 3 para as panteras.

No CBLOL o momento da equipe não é tudo. Apesar ser a equipe com a pior classificação do campeonato, a Keyd se impôs desde o início e tomou as rédeas da partida. A INTZ pagou caro pelos erros cometidos, principalmente de posicionamento. O destaque da partida ficou com o Ezreal do atirador Drop, sendo a principal fonte de dano dos guerreiros.

Quem diria em? Quem amargou o fundo da tabela por várias rodadas dando aula em Summoner’s Rift. A Prodigy tinha a característica de ser um time muito dependente de uma solo lane, mas especificamente do toplaner fNb. A evolução da equipe passa muito pelo crescimento dos outro jogadores, a exemplo do Garo que foi o destaque da partida com 100% de participação nos abates

Jogo de Solo Queue? Flamengo e KaBuM foi uma disputa de quase uma hora em que ambas as equipes cometeram muitos erros e tiveram dificuldades para fechar o jogo, mesmo estando muito divertido para o público. No final, o jogo foi decidido em quem acertou mais nas últimas lutas, inclusive com uma grande disputa de smite vencida pelo Ranger no dragão ancião que resultou no objetivo para o Flamengo e impactou diretamente na luta decisiva

Rodada 14

Realizada no domingo dia 19/07, os confrontos da rodada 14 foram os seguintes:

13h – Vivo Keyd 0 x 1 FURIA
14h – KaBuM 0 x 1 INTZ
15h – Santos HotForex 0 x 1 Flamengo
16h – Prodigy 1 x 0 paiN Gaming

Vira, vira, virou! A partida tinha tudo para se encaminhar para a vitória da Keyd, mas a falta de poder de decisão foi crucial para a derrocada dos guerreiros. Duas vezes com o barão up, a Keyd não foi incisiva e perdeu lutas que resultaram na conquista dos objetivos pela FURIA. As ótimas sentenças do suporte das panteras, Damage garantiram boas lutas para a FURIA, sendo ele o MVP da partida também.

A KaBuM teve um bom early game, forçando as lutas certas e bons pickoffs com o Kha Zix do Revolta. A partida teve boas team fights e parecia encaminhada para os ninjas, mas os intrépidos conseguiram uma boa quantidade de recurso nas mãos da Orianna do Envy, que foi gigante. As lutas decidiram a partida, e mesmo quanto a INTZ esteve em desvantagem soube conduzir o jogo para a vitória.

Bvoy VOCÊ É RIDÍCULO! O Flamengo foi superior no início do jogo, fazendo as melhores decisões, abrindo uma boa vantagem de ouro e de objetivos. No entanto, o Santos não desistiu da partida, escolheu os momentos certos para lutar e encaixar seu forte combo de Camile + Gálio, com o Ziggs na backline. O peixe chegou a ter o buff do dragão ancião, mas uma decisão ruim de dive custou a luta. No final o Santos partiu para o barão e depois do smite ele ficou com 100 de hp, possibilitando o roubo sensacional do Bvoy. O MVP da partida ficou com o jungler Ranger, que conseguiu um ótimo controle de mapa.

fNb e seus capangas? O early game foi bem disputado entre as equipes, a PRG jogou bem com o planejamento feito no draft, a jogada na top lane estava escrita nas estrelas e deu certo. No entanto, o ROBO ainda fez uma boa rota, e a paiN garantiu os dragões. Já a transição para o mid/late mudou tudo. Enquanto a paiN tinha a vantagem e fez uma boa call de barão, que foi muito bem lida pela PRG com uma resposta excelente do Brado + Renekton. A vantagem virou totalmente neste momento e o Renekton voltou para a partida, o que gerou um win condition excelente para a Prodigy.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: