League of Legends

CBLOL 2020/2: análise da quinta semana

Resultados surpreendentes na quinta semana do CBLOL empolgam o público e e bagunçam a tabela do campeonato. Mais uma vez a paiN consegue um 2-0 com vitórias convincentes e se mantém isolada na liderança, enquanto a Prodigy também busca um 2-0, visando ocupar uma melhor posição na tabela.

Os destaques negativos da semana ficaram por conta do Flamengo e da Keyd, ambas equipes amargaram um 0-2 e se colocaram em posição mais delicada na parte debaixo da tabela.

Rodada 9

Realizada no sábado dia 04/07, os confrontos da rodada 9 foram os seguintes:

13h – KaBuM 1 x 0 Vivo Keyd
14h – paiN Gaming 1 x 0 Santos HotForex
15h – INTZ 1 x 0 Flamengo
16h – Prodigy 1 x 0 FURIA

Briga de late game, mais uma vez o jungler Revolta dominou o early game pela equipe da KaBuM, conquistando objetivos e buscando múltiplos abates, enquanto a Keyd jogava de maneira mais recuada e com pouco espaço no jogo. No final os ninjas mostraram muita dificuldade para fechar a partida, mesmo com picos de 7k de vantagem de ouro e 2 buffs de barão. Ninjas e Guerreiros cometeram muitos erros e a partida acabou com a vitória da KaBuM.

A paiN deixou claro que está mandando no CBLOL, desde o draft bem encaixado com a proposta de jogo bem claro, até a execução perfeita, a equipe foi como uma orquestra onde os elementos estavam em sintonia e o resultado foi uma obra prima. Domínio total de todas as rotas e uma capacidade de macro forte resultaram em um snowball da paiN. O Santos tentou mas não obteve sucesso em nenhum momento do jogo. Foi a partida mais rápida do segundo split do CBLOL, duração de 24 minutos e 2 segundos.

Queda de rendimento drástica na equipe do Flamengo. Grande partida dos intrépidos que souberam controlar as ações do jogo em todas as fases da partida. Um early forte, agressivo e um mid late game controlado e calculado. O destaque da partida ficou para o mid laner Envy, que com a sua Orianna pressionou muito bem a sua rota e participou de forma brilhante nas lutas, encaixando muito dano e ultimates definitivos.

O último jogo do dia ficou por conta de duas equipes da parte debaixo da tabela. Se a PRG não mostrava evolução no campeonato, a partida contra a Furia foi um raio de esperança para o torcedor. O time não apenas venceu, mas convenceu, com um draft forte, boas chamadas e boa execução do seu plano. As Panteras não tiveram chances, principalmente pela ótima partida do fNb e Dynquedo.

Rodada 10

Realizada no domingo dia 05/07, os confrontos da rodada 10 foram os seguintes:

13h – Santos HotForex 1 x 0 KaBuM
14h – FURIA 1 x 0 Flamengo
15h – Prodigy 1 x 0 Vivo Keyd
16h – paiN Gaming 1 x 0 INTZ

Jogão! Partida dinâmica e recheada de boas lutas por ambos os lados, mesmo com a bot lane do Santos modificada pela lesão do suporte Hawk, que foi substituído por Juzo. Um jogo atípico, com dois atiradores no bot e o Revolta sem dar tanta prioridade para a top lane por parte dos ninjas, resultou numa partida equilibrada entre Santos e KaBuM. Apesar de um bom early game, conseguindo abates e objetivos, a KaBuM lutou mal, expondo muito seu atirador e acabou derrotada nesse detalhe.

Hoje é dia de Furia, ou melhor, ontem foi. Mais um dia de late Furia. A equipe já se provou como uma das especialistas nesse jogo de transição, encaixando muitas lutas no mid late game, confundindo o adversário e dando ótimas calls. Já o Flamengo mostra os mesmos erros, principalmente no péssimo controle de mapa e decisões. Apesar do Ezereal do Bvoy ter ficado enorme na partida, as Panteras ficaram com a melhor, com destaque para o jungler St1ng, que fez uma ótima partida de Lee Sin.

Alguém anotou a placa? Em ritmo frenético a PRG dominou a Keyd completamente e não deu chances aos guerreiros. Grande execução do plano de jogo da Prodigy, que reage no campeonato. Grande partida do suporte Wos que soube muito bem utilizar a ultimate do Bardo para aplicar pickoffs essenciais. No geral a o time jogou bem em conjunto, o que faltava para a PRG, e o MVP da partida foi o jungler Yampi. A Keyd só conseguiu realizar um abate na partida, que ocorreu nos últimos segundos de jogo.

Clássicos costumam ser disputados, certo? Não foi o caso da partida entre paiN e INTZ. Aparentemente os Intrépidos tinham um plano para deixar Varus e LeBlanc open para a paiN gaming, mas isso foi um grande erro. O jogo foi decidido no early com muita pressão nas rotas e invades. Aula da paiN! Por parte da INTZ a sua composição com Nocturne nas mãos do jungler Shini não encaixou, dando muito espaço para o early adversário. O MVP da partida foi o CarioK que executou perfeitamente o plano de jogo, com um Graves muito agressivo desde o terceiro minuto de jogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: